quinta-feira, 16 de julho de 2009

Transparente demais (16/07)

“Por que não vão investigar nada? Ora, porque temos a maioria.” Queriam transparência? Pois nunca se viu tamanha transparência na política nacional

Próceres do grupo dominante no Senado estão em busca de um partido, dos nanicos, para ameaçar com representações no Conselho de Ética contra luminares da oposição que não suportariam uma investigaçãozinha. Pode ser uma novidade na volta do recesso, se até lá PSDB e aliados dele não se enquadrarem no roteiro reservado pelos governistas: tudo bem fazer barulho, mas chega de pressionar pela saída de José Sarney (PMDB-AP) da cadeira de presidente. Até porque, raciocina o grupo, Renan Calheiros (PMDB-AL) seria o próximo a ter a cabeça na bandeja. E a base de Luiz Inácio Lula da Silva viraria uma geleia.

Governo que para se manter no leme depende do patriotismo da oposição não é governo. O primeiro dever do poder é defender-se dos adversários.

Terça-feira, em Alagoas, Lula fez questão de elogiar Renan. E ontem o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) renunciou ao Conselho de Ética, depois de lançado no dia anterior como potencial candidato a presidente do colégio. Valadares houve por bem declinar do pacote, que com certeza incluiria receber todo tipo de pressão para arquivar sumariamente as representações contra Sarney. Seria deselegante eleger-se com o apoio do sarneyzismo para logo depois esfaquear o líder do grupo. O Senado ainda tem regras de cavalheirismo. Por enquanto.

Valadares presidente era sinal de uma condução equilibrada dos trabalhos do Conselho de Ética. Mas o núcleo do bloco Sarney-Renan não quer correr riscos. Ou não pode. Talvez por avaliar que o presidente do Senado não aguenta um processo político, qualquer que seja. Por razões objetivas e subjetivas. Também e especialmente quando as acusações envolvem familiares.

Não será mesmo razoável fazer Sarney passar por isso, com a biografia dele. Ninguém merece, muito menos um ex-presidente da República. Se houver risco real de tamanho constrangimento, Sarney preferirá renunciar ao comando do Senado. No que fará bem. E aí virá uma crise de verdade para Lula administrar.

Daí que o grupo, com o apoio decidido do Palácio do Planalto, esteja a lutar pelo controle do Conselho como se disputasse um copo d'água no deserto.

Por falar em regras, há uma que vem sendo revogada no rebuliço dos últimos tempos. A nossa política vê esmaecer pouco a pouco sua face teatral. O que antes se dizia só nos camarins passou a ser dito no palco. “Por que não vão investigar nada? Ora, porque temos a maioria.” Queriam transparência? Pois nunca se viu tamanha transparência na política nacional.

Outro exemplo de transparência excessiva é a troca de comando na Receita Federal. Trata-se de um cargo-chave na administração, mas o governo não consegue dar uma explicação plausível, que ajude a esconder a explicação óbvia. A versão sobre o suposto mau desempenho da titular foi rapidamente rechaçada. E ela estava no cargo só há um tempinho, não havia motivo cronológico para a movimentação. Havia as razões políticas.

Trocar gente do governo por motivo político é coisa normal. Não é normal essa instabilidade na Receita, sem que o poder tenha uma singela satisfação a oferecer. Umazinha só, que não seja a de que a secretária incomodou quem não gosta de ser incomodado.

Haja transparência! A política brasileira vai sendo empurrada para uma beirada perigosa, em que a eventual maioria aritmética exime o protagonista de fazer as encenações teatrais de praxe. Pode funcionar por um tempo, mas a conta acabará vindo. Tenho insistido nisso.

Premonição

A governadora Yeda Crusius parece ter decidido aproveitar a onda de que tudo é “luta política” para dizer que a impressionante sequência de acusações contra o governo dela (e contra ela) é fruto de uma conspiração. A julgar pelos índices de popularidade da governadora, ela terá imensas dificuldades para convencer o eleitorado gaúcho disso.

A luta de Yeda é para terminar o mandato. Que se não fosse pelo PMDB (sempre ele!) já teria ido para o vinagre. Como aliás temiam líderes tucanos quando ela se elegeu.

Coluna (Nas entrelinhas) publicada hoje no Correio Braziliense.

twitter.com/AlonFeuerwerker

youtube.com/blogdoalon


Assine este blog no Bloglines

Clique aqui para mandar um email ao editor do blog

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo

8 Comentários:

Anonymous Alexandre Porto disse...

“Por que não vão investigar nada? Ora, porque temos a maioria.”

Faltou dar o nome de quem disse isso;

quinta-feira, 16 de julho de 2009 01:25:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Sabem aquela frase "pode-se enganar poucos por muito tempo; pode-se enganar muitos por pouco tempo. Mas não se consegue enganar a todos todo o tempo". Relembrem a nova República, a verdadeira tomada do butim sob a bandeira da remoção do entulho autoritário. Sarney sabe do que estou falando...

quinta-feira, 16 de julho de 2009 09:37:00 BRT  
Blogger JOEL ANTONIO disse...

GRANDE ALON...também penso assim que quando se explicita o cinismo presente nas ações políticas o povo se enoja...é como ver fazerem salsichas...hehehe...PORÉM...creio que o povo não se importa, por ora, pois considera que o que está acontecendo é A SEU FAVOR...a grande maioria da população vê Lula com Hobin Hood, e a sua turma (que é a TURMA de quem estiver no poder) como aqueles que estão garantindo (e estão mesmo) as condições para as ações DO CARA...como o povo ACREDITA (e é verdade) que OS CARAS a vida inteira se locupletaram e usaram O ESTADO A FAVOR DELES, o povo não se importa que continuem usando, mesmo que cinicamente, enquanto forem divididos OS PRÓS com a população...LULA JÁ ENTROU NA HISTÓRIA (e entrou mesmo) COMO O PRESIDENTE DA NAÇÃO...veja que em todos os níveis sociais, a aceitação DO CARA é de no mínimo 50%...só a oposição política está contra O CARA, pois ele TIRA DOS RICOS E DÁ AOS POBRES...TEM JEITO DE TIRAR ISSO DELE NÃO, ainda mais que ano que vem o PIB está previsto para chegar a mais de 4%...com o ESTRATÉGICO APOIO DA CHINA...IMAGINA, NUMA HORA DESTAS, SE HOUVESSEM IMPLANTADO REALMENTE A ALCA? nós estávamos SIFU...decididamente, LULA INICIA A TRANSFORMAÇÃO DO BRASIL EM NAÇÃO...

quinta-feira, 16 de julho de 2009 10:58:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns pelo post, Alon. Muito ilustrativo do que ocorre no lusco-fusco de fim de Governo. Para não colocar outros termos como, por exemplo, o elegante ocaso. Porém, pelos espetáculos diários em discursos e entrevistas, parece ficar melhor ribanceira abaixo. Ou mesmo pirambeira. Cabe lembrar o que disse ontem em plenário o Senador Cristovam Buarque, comparando como eram chamados e tratados os parlamentares na época do governo militar e como são chamados e tratados agora pelo Executivo. Seria ocioso dizer que o tiro pode sair pela culatra, pois, as armas são tão antigas que nem culatra parecem possuir.

Swamoro Songhay

quinta-feira, 16 de julho de 2009 11:21:00 BRT  
Blogger Richard disse...

"Não será mesmo razoável fazer Sarney passar por isso, com a biografia dele. Ninguém merece, muito menos um ex-presidente da República."

Ô ALON!!! Quem não merece somos nós ter que aturar Zé Sarney! E a biografia dele era falsificada, só vc (e muita gente da imprensa) é que não via (ou queria ver)!

Quem não merece, tbm, sou eu que tanto votei em Lula para ve-lo abraçado e deitando elogios ao Collor (ARGH). É DEMAIS PARA QUEM ESPERAVA UMA MUDANÇA PRA MELHOR!

quinta-feira, 16 de julho de 2009 16:34:00 BRT  
Blogger Richard disse...

O Joel tbm acredita em duendes...

Com a ALCA nós entraríamos direto no negócio da China (sem trocadilho). Entretanto, teríamos de esquecer o Mercosul, o que se mostraria desastroso num momento em que TODO O MUNDO se fecha para defender suas próprias economias!

Tirando isto, o resto da análise está correta. Que resume que caminharemos alegremente (eu nem tanto) para o precipício, com Lula, Joel e os beneficiários dos Bolsa-QQ-Coisa acreditando que estão indo rumo ao paraíso do 1º mundo.

quinta-feira, 16 de julho de 2009 16:47:00 BRT  
Blogger JOEL disse...

E QUEM NÃO ACREDITA EM DUENDES, QUANDO SABE QUE TODOS FAZEM O MESMO, A CORRUPÇÃO SEMPRE FOI GRANDE, IMENSA NESTE PAÍS, DO BOLSA BANQUEIRO DADO POR FHC E CONTINUADO POR MEIRELLES? MAS OS MEMBROS DA ELITE SEMPRE SE LIXARAM PARA A POPULAÇÃO? me diga que algum governo foi diferente? agora, compare o Governo Lula com os anteriores...SIMPLES ASSIM...e quem tem de aprender a votar SOMOS NÓS, NÓS MESMO...para não votarmos em DUENDES...

quarta-feira, 22 de julho de 2009 23:35:00 BRT  
Blogger JOEL disse...

A CLASSE OPERÁRIA VAI RUMO AO PARAÍSO...do CONSUMO...antes ia mesmo ao Paraíso de Nosso Senhor, como querem muitos ricos...hehehe...e o México, querido, com o TEU NEGÓCIO DA CHINA chamado ALCA, vai cada vez mais pro abismo...simples assim...

quarta-feira, 22 de julho de 2009 23:39:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home