segunda-feira, 27 de outubro de 2008

A eleição americana hoje (27/10)

Da Reuters, no globo.com:

CHICAGO (Reuters) - O democrata Barack Obama está à frente em cinco dos oito Estados que devem decidir a eleição presidencial norte-americana da semana que vem, segundo a mais recente pesquisa Reuters/Zogby divulgada nesta segunda-feira. O republicano John McCain lidera em dois, e na Flórida há empate. Em outra pesquisa Reuters/C-SPAN/Zogby, de abrangência nacional e com margem de erro de 2,9 pontos percentuais, Obama mantém os mesmos 5 pontos percentuais que haviam sido registrados no domingo, com uma amostra parcialmente diferente.

Leia a reportagem e veja que a eleição americana está bem equilibrada. O que eu acho? O que escrevi em Às favas os escrúpulos:

McCain aparentemente espera que o medo sentido pelo americano comum e a incerteza em relação ao futuro se transformem em ódio contra o diferente, contra o “desconhecido”. A fórmula não é nova. A ascensão do fascismo na Alemanha de Weimar seguiu esse roteiro, no primeiro terço do século passado. Eis um risco sistêmico na crise americana: de a indignação e a revolta serem canalizadas para punir culpados imaginários, em vez dos reais. Como há poucos antecedentes históricos de império que aceite recuar pacificamente, o risco é real.

E em Capitalismo de face humana!:

Onde está o auto-engano nesta crise? Está em imaginar que o governo dos Estados Unidos vai se submeter ao “capitalismo de face humana” de Sarkozy. Isso não acontecerá. Nas situações de necessidade, a superpotência continuará mobilizando, de um jeito ou de outro, toda a poupança mundial disponível. Real ou fictícia. Tudo para se manter no topo. Será assim até o dia em que deixe de ser a única superpotência. O que vai acontecer em algum momento deste século. A dúvida é se o ocaso imperial será digerido pacificamente na grande nação do norte ou se das ruínas nascerá, como em filmes de terror (ou ficção), um monstro ainda mais agressivo e predador. Aliás, é isso que está em disputa na sucessão de [George W.] Bush.

http://twitter.com/alonfe

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog.

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

1 Comentários:

Blogger Cesar Cardoso disse...

Só uma observação, Alon: se você pegar a média das pesquisas por estado (por exemplo, via o FiveThirtyEight.com - leitura obrigatória, aliás, para quem acompanha a eleição americana e gosta de estatísticas), a coisa para o McCain está muito pior do que parece; por exemplo, a média das pequisas dá vantagem ao Obama na Flórida. É bem possível que o Obama faça mais de 350 delegados no Colégio Eleitoral, o que seria uma grande vitória.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008 11:40:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home