sexta-feira, 13 de julho de 2007

Autocrítica (13/07)

Eu havia prometido corrigir-me caso os fatos desmentissem meu post Roteiro pré-traçado na CPI, em que afirmei:

(...) a bancada do PT na CPI trabalha para jogar toda a responsabilidade nos controladores de vôo que estavam de plantão no dia do acidente [entre o Legacy e o Boeing da Gol]. Para depois concluir -possivelmente com olhos lacrimejantes- que eles só erraram porque "suas condições de trabalho são péssimas". Esse roteiro está pré-traçado.

Poucos dias depois de eu escrever isso, o deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) respondeu (coloquei a resposta no blog), contestando-me. Bem, os fatos caminham no sentido do que disse o deputado. Está no site Consultor Jurídico:

O relatório da CPI do Apagão Aéreo, na Câmara dos Deputados, recomendou o indiciamento por homicídio dos dois pilotos americanos, Jan Paul Paladino e Joseph Lepore, e de quatro controladores de vôo brasileiros. Todos são apontados como responsáveis pelo acidente com o Boeing da Gol, que se chocou com o jato Legacy em setembro de 2006, provocando a morte de 154 pessoas. As informações são da Agência Brasil. Para os deputados, os pilotos devem ser indiciados por homicídio doloso por terem desligado o Transponder, equipamento anti-choque. A CPI concluiu que, embora que não tenha havido intenção de matar, os pilotos tinham conhecimento de que havia risco de morte de voar com o Transpoder desligado. Já os controladores Felipe dos Santos Reis, Leandro José Santos Barros, Lucivando Tibúrcio de Alencar e Jomarcelo Fernandes dos Santos devem ser indiciados por homicídio culposo, segundo os parlamentares.

Se eu fosse megalomaníaco (jornalistas costumam ser megalomaníacos; blogueiros-jornalistas mais ainda) diria que meu primeiro post criou um ambiente que inviabilizou minha própria previsão. Como não tenho o defeito da megalomania resta-me apenas admitir que eu estava errado.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog.

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

4 Comentários:

Anonymous Luiz Lozer disse...

Se mesmo com o transponder desligado eles tivessem cumprido p plano de vôo, não haveria acidente e estaríamos na maior tranqüilidade.

Insisto na minha tese, o maior pecado foi o não cumprimento do plano, desligar o transponder, foi o subterfúgio usado para que eles não fossem descobertos na travessura. Era uma mudança “chata” descer para 36000 pés pouco depois subir para 38000 e pouco depois iniciar a decida definitiva para Manaus, rolou uma preguiça, fico imaginando o que se passou na cabeça dos caras, se ninguém responde os nossos chamados é porque não tem ninguém aqui nesse fim de mundo da selva Amazônica. Mantenha ai o 360 que quando chegar a hora a gente inicia a decida direto para Manaus.

Insisto ainda, que o que aconteceu foi um acidente, ACIDENTE com maiúsculas para fixar bem, inclusive, o natural era a morte dos gringos, eles sobreviveram por milagre divino e cósmico ao mesmo tempo, indicia-los só depõe sobre o nosso despreparo.

Uma investigação de acidente tem a função de juntar dados para entender o que aconteceu e ensinar outros pilotos para que não cometam o mesmo erro. DESLIGAR O MODO “C” do transponder é travessura comum entre pilotos Brasileiros, sem o modo “c’ ativado o transponder não envia a altimetria para o ACC. Com esse acidente eu duvido que essa prática vá continuar. É o aprendizado que recebemos as custas das 154 vidas, prender Lepore e paladino só vai fazer com que no futuro, fique mais difícil investigar acidentes por que os envolvidos vão ficar com medo de ir parar na cadeia.

sexta-feira, 13 de julho de 2007 17:01:00 BRT  
Blogger Julio Neves disse...

Eu mantenho tudo o que disse naquele dia:

"O que o deputado Zarattini disse foi o que todos aqueles que leram alguma coisa sobre o acidente já sabia. Ou seja, é chover no molhado.

"Inocentar os pilotos" ou "jogar a responsabilidade sobre os controladores" não será bancada alguma que fará. Isso caberá à justiça. E acredito que o resultado não fugirá da responsabilidade dos pilotos e controladores no acidente.

(...)"

sexta-feira, 13 de julho de 2007 17:39:00 BRT  
Anonymous trovinho disse...

Tem piloto que fura fila em bloqueio alegando pouco combustível para depois vendê-lo. Será que não teve essa gracinha?

sábado, 14 de julho de 2007 04:55:00 BRT  
Anonymous JV disse...

TA bom, Alon, o PT resolveu culpar os pilotos para livrar a cara do governo, responsavel pela bagunça e o caos aéreos. Para com isso, desde quando cpi petista é coisa séria?

sábado, 14 de julho de 2007 12:05:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home