quarta-feira, 9 de maio de 2007

Como previsto - ATUALIZADO (09/05)

A Polícia Federal concluiu que os pilotos americanos do Legacy foram os principais responsáveis pelo choque que derrubou o avião da Gol e matou todos os seus passageiros em setembro do ano passado. Por enquanto, o post Envergonhem-se, de janeiro, está 100% operacional. Assim como o que foi escrito de lá para cá.

ATUALIZAÇÃO (10/05, às 15h08). Informação do Globo Online:

O procurador do Ministério Público Militar, Giovanni Rattacaso, disse nesta quinta-feira que há elementos para denunciar por homicídio culposo duplamente qualificado os controladores de vôo que trabalhavam no dia do acidente entre o avião da Gol e o jato Legacy. O procurador espera receber uma cópia do inquérito da Polícia Federal para fazer a denúncia.

Os controladores serão processados pela parte que lhes cabe na culpa. Observações: 1) se o transponder estivesse ligado não teria havido o acidente, 2) nem a PF nem o MPM colheram elementos para afirmar que alguma externalidade objetiva induziu pilotos ou controladores a erro e 3) quem vai trazer o americanos para serem julgados aqui?

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

11 Comentários:

Anonymous JV disse...

isto é p.........., você tem que dizer tb, que a policia federal se absteve de investigar os controladores porque, alegaram, eles são militares, e que isto é assunto, na ideia deles, da aeronautica

quarta-feira, 9 de maio de 2007 23:10:00 BRT  
Blogger Cesar Cardoso disse...

Bolão:

Quanto tempo vai demorar até algum jornal americano fazer uma matéria criticando a investigação da PF?

quarta-feira, 9 de maio de 2007 23:30:00 BRT  
Blogger Alon Feuerwerker disse...

Caro JV, os controladores podem ter cometido erros e o sistema pode ter problemas, mas o fato, comprovado, é que o crime foi dos pilotos ao desligarem o transponder. Se foi culpa ou dolo, o tempo dirá. Só lamento que ogoverno brasileiro tenha deixado os americanos caírem fora ilesos. Ah, sim, foi a Justiça...

quinta-feira, 10 de maio de 2007 06:58:00 BRT  
Anonymous Luiz Lozer disse...

Senhores

Para mim a investigação da PF não diz nada, esse negócio de policia investigar ACIDENTE de avião é no mínimo de mal gosto.

Muito cuidado com essa gritaria por sangue, criminalizar o ACIDENTE aeronáutico seria um retrocesso inimaginável na prevenção de acidentes e nas doutrinas de segurança de vôo. Esse é um assunto sério, para especialistas, temos mais de um século de experiência em investigação e prevenção de acidentes, e a aeronáutica sabe muito bem o que fazer. Esse acidente da gol certamente vai acrescentar novos elementos as rotinas de vôo, (alarmes de transponder desligado por exemplo) e vai fazer isso no mundo inteiro.

Gritar por cadeia para os gringos, é perigoso, e demonstra o despreparo ou má fé de quem grita, porém exigir indenizações e até o banimento da tripulação do legacy da aviação, isso sim faz parte do jogo.

cuidado para não carimbarmos esse blog, com a marca do besteirol
Luiz

quinta-feira, 10 de maio de 2007 09:28:00 BRT  
Anonymous paulo araújo disse...

Alon

Objetivamente, os controladores e o sistema falharam feio. Mesmo aceitando o fato do transponder ter sido desligado pelos pilotos fica sem resposta a questão: Como e porque nenhum controlador percebeu a tempo que as aeronaves estavam em rota de colisão? Se já sabemos que os pilotos desligaram o tranponder e, desse modo, participaram ativamente na ocorrência do acidente, ainda não sabemos nada sobre o que aconteceu na outra ponta, a dos controladores.

Minhas questões: por que não sabemos? Quando saberemos? Como procede a mesma Justiça que liberou os pilotos no que toca às investigações das responsabilidades do controle do tráfego aéreo nacional neste acidente?

abs.

quinta-feira, 10 de maio de 2007 10:40:00 BRT  
Anonymous Artur Araujo disse...

Pois é... inadmissível norteamericanos errarem... essa investigação deve ter sido conduzida por nacionalisteiros chavistas... >:))
Entre as coisas que mais me irritam está esse irracional sentimento pequeno-burguês, tão presente no Brasil e, em particular entre os paulistanos, de eternos "underdogs", de aprioristicamente culpar outros brasileiros por qualquer problema ou falha, principalmente quando o "outro lado" é europeu ou estadunidense.
Bem dizia David Capistrano Filho que setores das camadas médias brasileiras tem os pés na casa-grande e a cabeça em Miami.

quinta-feira, 10 de maio de 2007 10:52:00 BRT  
Blogger Frodo Balseiro disse...

Alon
Você demonstra pouca iseção ao falar em "crime de deixar o transponder desligado"!
Quem lhe informou isso?
Os controladores armaram esse carnaval todo pois eram inocentes?
Todos os erros cometidos pelos controladores os tornam se não autores, no mínimo co-autores, isto SE, e somente SE, ficar provado (por enquanto não esta) que os pilotos DEIXARAM o transponder desligado!

quinta-feira, 10 de maio de 2007 11:31:00 BRT  
Anonymous José Augusto disse...

Eu também faço coro as palavras de bom senso do Luiz Loser. A linha de investigação da Polícia Federal deveria se limitar a apurar se houve alguma sabotagem, fraude ou ato de terrorismo.
Mas a apuração do acidente, por mais negligência que tenha havido, sobretudo dos pilotos, mas possivelmente também dos controladores, deveria ser circunscrita às autoridades aeronáuticas.
O que está havendo de errado no Brasil, ao quererem retirar do Comando da Aeronáutica quase todas as suas atribuições naturais?

quinta-feira, 10 de maio de 2007 11:55:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Ué, Forod,

mas não foram eles próprios, os pilotos, que disseram, um pro outro, na caixa-preta, que o transpoder estava desligado e "we're in jail, baby!"?

S.

quinta-feira, 10 de maio de 2007 11:58:00 BRT  
Anonymous JV disse...

Alon, e eles desligaram o transponder? Você pode afirmar com certeza 100% que eles inadvertidamente ou propositalmente desligaram o transponder? Aparelhos eletrico-eletronicos podem ter panes intermitentes, por isso quero ver a gravação das torres de controle e do centro Brasilia. Se um piloto desliga o transponder, os controladores percebem na hora. Já viu naqueles filmes que aparece a tela do radar e quando o avião bate no morro o sinal dele desaparece? Pois é, é o transponder que sai do ar. Radares passivos são assim

quinta-feira, 10 de maio de 2007 19:17:00 BRT  
Anonymous luiz lozer disse...

Só para acrecentar

O maior erro não foi o transponder mas sim o não cumprimento do plano de vôo, esse sim um erro imperdoável. Porém, não sujeito a cadeia : )

E em principio, os controladores não foram peças chave na causa do acidente, eles na verdade falharam ao não evitar. Rolou um desespero no centro Brasília antes do acidente, eles procuraram os gringos desesperadamente. O manual fala em não mexer em que está voando certo, por isso eles não mudaram a rota do gol. Mas um “aviso de trafego” ia bem, o comandante do gol tinha o direito de saber que tinha um gringo loco, desorientado voando naquelas bandas.

Um acidente é causado sempre por elos que se quebram os famosos “elos contribuintes”, aqui de cara vemos pelo menos 3.

Gringos decolam com plano de vôo feito por um comandante da ebraer, e provavelmente mal prestam a atenção nele.

Esquecem de ligar o transponder e voam com a freqüência de radio errada.

Controladores, não emitem um “ aviso de trafego” alertando outras aeronaves sobre um avião que possivelmente poderia estar voando sobre a região.

Esses mais uns montes, foram as causas do acidente.

lembrando ACIDENTE NÃO É CRIME.

sexta-feira, 11 de maio de 2007 13:23:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home