quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Vocês lá, nós cá (07/02)

Não peçam ao PMDB do Senado que sirva de intermediário para o PMDB da Câmara dos Deputados transmitir os pleitos ministeriais dos deputados a Luiz Inácio Lula da Silva. O raciocínio no Salão Azul é mais ou menos o que segue. O PMDB do Senado, que esteve desde sempre com Lula, ofereceu tempos atrás a paz ao PMDB da Câmara, ou àquela parte do PMDB do Salão Verde que atazanou a vida de Lula no primeiro mandato. Mas, segundo os senadores, o PMDB da Câmara preferiu abrir mão de disputar a presidência da Casa e apoiou o candidato do PT. Agora, dizem os senadores, é natural que o novo presidente da Câmara, do PT, seja o interlocutor entre os deputados peemedebistas que o apoiaram e Lula.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

7 Comentários:

Anonymous José Augusto disse...

O PMDB está inovando mais uma vez. Antes ele se dividia entre oposição e situação. Agora ele está quase todo unido na situação, mas separado em fragmentos de apoios ao Governo: o fragmento do Senado é um, da Câmara é outro...

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007 21:43:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Uma pergunta Alon. E se Lula cumprir a promessa de não respaudar os acordos por cargos feitos na eleição de Arlindo Chinaglia? Pode haver o impedimento do novo presidente da Câmara? Desculpem minha ingenuidade.

Rosan de Sousa Amaral

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007 21:50:00 BRST  
Anonymous José Augusto disse...

Rosan de Sousa Amaral
De onde você tirou essa idéia de que Lula fez acordos por cargos na eleição de Arlindo Chinaglia? Acho você anda lendo demais determinada imprensa especializada em ser anti-Lula. O próprio resultado apertado das urnas, a própria existência de segundo turno, torna isso inverossímil. Não confunda acordos partidários, onde o PT de Chinaglia possa ter prometido apoiar reivindicações de ministérios por outros partidos, com uma oferta de Lula.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007 00:38:00 BRST  
Blogger cid disse...

alon

Isso é de uma clareza cristalina, só mesmo a boca torta pelo uso do cachimbo do jogo duplo é capaz de imaginar que o PMDB do S(enado) vai se abalar para quebrar o galho do PMDB da C(âmara). A sabedoria popular define isso à perfeição: quem pariu Mateus que o embale.

cid cancer
mogi das cruzes - sp

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007 09:52:00 BRST  
Anonymous José Augusto disse...

Em termos de fragmentação partidária de apoio ao governo (que construção política mais fantástica essa, pois vai na contramão da natureza política partidária - da própria razão de ser da atividade política se organizar em partidos), quero ver até onde o PMDB vai conseguir se fragmentar. Como disse o Cid acima, há o PMDBdoS (senado) e o PMDBdaC (Cãmara). Haverá ainda espaços para o PMDBdoG (dos Governadores)? E haveria a regionalização do PMDBdoG, como o PMDBdoCabral? PMDBdoRequião? Mas esses não seriam sub-blocos do PMDBdoC (da Câmara)? Alon, acho que você vai ter muito trabalho para fazer suas análises políticas. Vai ter que esquentar muito a cabeça, fugindo ao racional e do que seria razoável. Tal qual nas artes, talvez estejam surgindo escolas políticas surrealistas, pós-modernas, e coisas do gênero.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007 13:40:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Ô José Augusto, certamente a minha ironia não foi percebida pelo colega. Afinal, na minha própria pergunta há a afirmação de que o Lula já declarou que não cumpriria qualquer acordo de cargo feitos na campanha para a presidência da Câmara. E os jornais de hoje já apontam que aquele PMDB fernandista já está cobrando os cargos prometidos pela campanha do Chinaglia.

Rosan de Sousa Amaral

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007 21:55:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Até o final do mandato o Jáder terá mais poder no Senado do que o Sarney e o Renan. Pode escrever.

domingo, 11 de fevereiro de 2007 00:37:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home