quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Um balanço parcial (01/02)

O negócio é o seguinte. A contabilidade dos aliados de Arlindo Chinaglia diz que ele vai ter algo como 270 votos e levar no primeiro turno (precisa de metade mais um dos válidos; votam 513 deputados). A de Aldo Rebelo aposta que ele chega um pouco atrás de Chinaglia, ambos em torno 200 votos, e que a disputa vai para o segundo turno. Daqui a pouco você vai saber. Eu não vou arriscar. Agora há pouco perguntei a um peemedebista pró-Aldo e ele me disse que vai ter pelo menos 40 votos no PMDB. Já os arlindistas dizem que terão 70 votos no PMDB. O que há hoje na Câmara não são previsões. São apostas. E propaganda. Muita propaganda.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home