sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

Por que não escrevo nada sobre a reforma ministerial de Lula (23/02)

Recebi um email perguntando por que não escrevo sobre a reforma ministerial de Luiz Inácio Lula da Silva. Eu escrevi. Escrevi em 08/02:

Sem nenhuma pressa

Quem esteve com Luiz Inácio Lula da Silva nas últimas horas interpretou que ele não está com nenhuma pressa para fazer a reforma ministerial. Verdade que Lula costuma não ter pressa para essas coisas. Mas quem o conhece garante que desta vez ele está com menos pressa ainda.


De lá para cá não escrevi mais nada porque não consegui obter uma mísera nova informação em que eu confiasse o suficiente para publicá-la. Assim, meus amigos, este blog só trará posts sobre as mudanças no ministério de Lula quando houver fatos. Lamento.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

3 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Já os "colegunhas", não dotados de treinamento confuciano, com ânsia de preencher página e, principalmente, com ares de "insiders", esfalfam-se no much ado about nothing...

Artur Araujo

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007 12:16:00 BRST  
Anonymous José Augusto disse...

Alon, apenas valeria a pena uma análise se esse ministério interino estivesse sendo prejudicial ao bem governar. Em minha opinião, salvo no caso do Ministério de Justiça, isso não está acontecendo.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007 19:25:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

J. Augusto, permita-me discordar. O problema não está em ter ou não que trocar ministros, afinal o governo não "descontinuou" só pq houve eleição, como os jornalões querem que seja, e boa parte dos "interinos" é competente.
O problema, tétrico em Brasília, é a "interinidade", que paralisa os escalões executivos (SE, DAS-6, -5 e -4), que não sabem se ficam ou saem e gastam mais tempo em viabilizar-se do que em gerir.
Se o Alon e vc me permitem uma sugestão de pauta - essa sim de conteúdo, creio - é o completo "lulismo" do processo de composição do "novo" ministério.

Artur Araujo

sábado, 24 de fevereiro de 2007 09:18:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home