sábado, 3 de fevereiro de 2007

Partido-pitonisa (03/02)

Reencontrei ontem no Congresso Nacional um velho conhecido, agora deputado federal tucano. Ele votou em Arlindo Chinaglia (PT-SP) no segundo turno em que o petista derrotou Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e se tornou o novo presidente da Câmara dos Deputados. O tema da nossa conversa foi, claro, a tal proporcionalidade. Tratei do assunto em Contem outra, três semanas atrás. Coloquei para meu velho conhecido tucano a questão abordada naquele post.

- Suponha que você se eleja governador em 2010. A sua Assembléia Legislativa (AL), por hipótese, tem 50 deputados. Seu governo tem o apoio de 30 deputados, divididos em dois partidos com 15 parlamentares cada um. A oposição está concentrada num único partido, com 20 deputados. Você entregaria a presidência da AL à oposição em nome do princípio da proporcionalidade?

- Claro que não. Eu formaria um bloco majoritário com os dois partidos que me apóiam.

- Sim, é um recurso legítimo. Mas, deputado, então me explique uma coisa. Como é que o PSDB sabia, três semanas antes da eleição, que o maior bloco na Câmara seria o do PT-PMDB? No último dia 11, o candidato do PT foi a Vitória (ES) receber o apoio da bancada do PSDB, representada pelo seu líder. Veja bem, o líder do PSDB não manifestou naquele momento apoio à tese da proporcionalidade. Ele expressou apoio a Chinaglia. E se no dia 31, na véspera da eleição, aparecesse um bloco maior? O PSDB é um partido-pitonisa?

Meu interlocutor acabou me dando razão. Eu o conheço há quase trinta anos e ele é honesto intelectualmente. A verdade é que o PSDB fez um acordo político com o PT para eleger Chinaglia. Fez e cumpriu. Deveria ter, desde o primeiro momento, defendido com transparência o acordo que fez. Deveria tê-lo explicado e justificado. Você pode me achar ingênuo. Eu acho que ingênuos são os que não entendem uma verdade simples: numa sociedade democrática, com a informação disseminada pela internet (e com a internet a caminho de adquirir a ubiqüidade da televisão), a transparência será cada vez mais um atributo indispensável na vida pública.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

4 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Se o assunto é desonestidade intelectual e transparência, eu pergunto:qual o partido campeão de falta de transparência? A resposta é imediata:o PT - e não se fala mais nisso.

sábado, 3 de fevereiro de 2007 11:48:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Caraca, o PT é opaco paracarambia..
JV

sábado, 3 de fevereiro de 2007 20:18:00 BRST  
Blogger cid disse...

alon

O PSDB ainda é prisioneiro da fantasia que criou para si, qual seja, campeão da ética, o que, para ele, impediria acordos com os "inimigos". Por isso, não explicitou esse entendimento com o PT com medo de parecer "igual". Teve um mérito, contudo. Cumpriu o acordo, no que se aproximou ainda mais do "inimigo", que sempre cumpriu os acordos que fez, por piores que fossem. Estão empatados.

Você lembrou bem do papel cada vez mais importante que a internet tem na discussão de qualquer assunto, desvelando o que antes parecia privilégio dos iniciados. A política brasileira só tem a ganhar, pois será a vitória da cidadania, a vitória de todos nós. A malandragem política terá que ser repensada. Os reis da cocada preta (vermelha e branca ou azul e amarela) também precisarão mudar o discurso.

cid cancer
mogi das cruzes - sp

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007 11:43:00 BRST  
Blogger Ricardo disse...

O PT, por ter sido desonesto e bravateiro sua vida inteira, hoje consegue desdizer o que sempre disse mas pede-se que o PSDB, em nome de uma regra irrelevante do ponto de vista moral/político, siga todas as regras que o PT não cumpre e continua não cumprindo (vide SP). O PT também lançou um candidato apoiado pelos mensaleiros. Ora, o PSDB tinha que ter compromisso com seus eleitores, e não com o PT, óbvio. Sua lógica ainda não me parece clara, Alon. Não votei na oposição para apoiar mensaleiros.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007 17:13:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home