quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

O Versailles sérvio e a balcanização do Iraque (24/01)

George W. Bush caminha rumo ao fim do mandato como uma geni, alvo preferido das pedradas em quase todo o mundo. Enquanto isso, seu antecessor, William J. Clinton, saboreia sua aposentadoria política como um ex-presidente querido dos americanos e respeitado globalmente -também pelo efeito do contraste com o sucessor. O período Bush (pai e filho) ficará marcado pelas guerras do Golfo e do Iraque, e talvez pela fragmentação iraquiana -o cenário mais provável caso fracassem as tentativas de convencer a minoria sunita a permanecer integrada num país governado por uma aliança entre xiitas e curdos. Se o Iraque deixar de existir como unidade política, se o futuro dos iraquianos for a balcanização, essa fatura será apresentada pela História à família Bush. E quem vai pagar a conta pela balcanização dos Bálcãs? Quem vai ser responsabilizado pelo Versailles sérvio, pela humilhação imposta por europeus e americanos à Sérvia? Leiam a análise de Pyotr Iskanderov, da agência russa RIA Novosti, sobre as últimas eleições naquele país (Lessons of parliamentary elections in Serbia). Um partido ultranacionalista venceu a eleição, mas não conquistou a maioria absoluta do parlamento sérvio. O governo será formado pelos perdedores, um amálgama de partidos pró-ocidentais, enfraquecidos por personificarem aos olhos do povo sérvio a submissão ao diktat europeu e americano. O mundo está de olho no Iraque. Enquanto isso, a História vai armando uma bomba-relógio bem no meio da Europa. A coalizão pró-ocidental tem maioria para formar o governo, mas aparentemente não para aprovar a secessão de Kosovo. Que belo caldo de cultura. Um país humilhado, fragmentado e isolado. Uma oposição ultranacionalista. Um governo fraco. Uma província (Kosovo) de maioria muçulmana (o país é majoritariamente cristão) deseja separar-se. Boa coisa isso não vai dar. Pobre Sérvia. Pêsames, Europa. Pêsames, presidente Clinton.

Leia também A morte de Milosevic e o duplipensar ocidental, de março de 2006.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home