segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

O PAC já é um sucesso (22/01)

Não estranhe o título deste post. Não, eu não perdi o senso crítico. Sim, é verdade, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) apresentado hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva já deu certo. O sucesso ou não de uma ação de governo tem que ser monitorado pelos objetivos da ação. Não interessa o que eu e você achamos do PAC. O objetivo principal do PAC não é fazer o Brasil crescer a determinada taxa (por exemplo, o emblemático 5%). O principal objetivo do PAC é fazer crer que o governo tem um plano para acelerar o crescimento da economia. Você pode concordar ou discordar do plano. Você pode achar que o plano é tímido ou ousado. Você pode ter ou não sugestões do que mudar no plano. Não interessa. Cá estou eu escrevendo sobre o PAC. Aí está você lendo sobre o PAC. Parabéns ao pessoal da Comunicação (vou até escever com maiúscula) do governo federal. Vocês já deram um baile na campanha eleitoral e continuam dando um show. Estive hoje em viagem e não tive tempo de analisar o PAC. Vou fazê-lo quando chegar em Brasília, ainda hoje, espero [sou uma das vítimas da aviação civil brasileira, que é uma droga, mas pelo menos não é estatal; imaginem se fosse estatal e funcionasse, que desgraça isso seria]. Recebi há pouco um email reclamando deste blog, pois eu havia dito que o PAC era um embrulho bonito para aprovar a prorrogação da CPMF e da DRU. E as duas medidas não estão no PAC. Você só acha que não estão. Elas estão escondidas. São uma espécie de PACdoB, serão mandadas ao Congresso sozinhas (emendas constitucionais) para não dar à oposição o discurso de que o governo federal renuncia a impostos (que a União divide com os estados e municípios) mas não a contribuições (que não divide com ninguém). E que tampouco abre mão de sua liberdade para descumprir as vinculações orçamentárias constitucionais. Até mais.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).

Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

5 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Do ponto de vista do marketing, sem dúvida, o PAC já é um sucesso. Aliás, se tem uma coisa no governo Lula que atingiu o estado da arte foi o marketing. Parodiando o grande Otto Lara Rezende: "Chega de intermediários, Duda Mendonça para presidente!".

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007 21:33:00 BRST  
Blogger julio disse...

Os Governadores não devem, sob hipotese alguma, permitir que as suas banvcadas aprovem a redução dos impostos sem que sejam reduzidas as contribuições.
Si não para onde que vai a Federação?

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007 22:58:00 BRST  
Anonymous José Augusto disse...

No PAC houve desonerações de contribuições: da CIDE, Cofins, e não sei se PIS é contribuição ou os Estados tem participação.
Mas vou deixar para discordar no próximo post.

terça-feira, 23 de janeiro de 2007 02:42:00 BRST  
Anonymous Caetano disse...

Você tem razão, Alon, o PAC pode ser considerado um sucesso, pelo menos até agora, onde o que conta é o discurso. Bom ou mau, pelo menos existe um plano, ainda que seja uma aglutinação de medidas já previstas anteriormente.
Muitas coisas serão revistas, espero, como por exemplo o aumento anual de 1,5% ao funcionalismo: não faz sentido, só deveria ter sido prevista a correção pela inflação; o resto dependeria dos resultados do plano. Cortar despesas, que é bom, nem pensar...
Vi mérito mesmo na afirmação da importância da democracia, um claro recado de que não nos confundimos com aqueles vizinhos pafúncios e absolutistas.

terça-feira, 23 de janeiro de 2007 16:56:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Recado para: PSDB, PFL, PMDB.
Ou melhor, recado para os opositores do Governo Lula, se por uma acaso existe.

O que mais me amedronta, não é o fato do Governo Lula, estar investindo nos Países visinhos e esquecendo que temos deficiência nas escolas, na Saúde e na Segurança Pública.
O que mais me amedronta, não é o fato do Governo Lula Apoiar ditadores como: Hugo Chávez, e possivelmente querer trazer o Chavismo para o Brasil.
O que mais me amedronta não é saber que existe trem da Alegria no Governo Lula pelo fato de 2002 para cá, ter triplicado o número de funcionários publico sem concurso, assim sendo ter criado para seus partidários emprego as nossas custas.
O que mais me amedronta não é o fato de saber que o Governo Lula é conhecido como o Governo do mensaleiro.

Sinceramente Brasileiros e Brasileiras, o que mais me amedronta, É A OMISSÃO E SILÊNCIO DA OPOSIÇÃO!!

Wellington Amado
Salvador-Ba.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007 19:41:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home