terça-feira, 12 de setembro de 2006

Quando o bicho pega... (12/09)

É quando o bicho pega, é quando o calo aperta que as coisas aparecem de fato como são. Não deixa de ser ilustrativo que Luiz Inácio Lula da Silva lute como um leão pela herança política de Getúlio Vargas, precisamente no momento da sua (de Lula) trajetória política em que mais precisa dos pobres. Resta saber se o PT, em cujo nascimento a marca antigetulista é indelével, vai tirar daí as necessárias conclusões teóricas e políticas. Uma seria imediata: abolir definitivamente a caracterização dos anos 1945-1964 como "república populista" e compreender o período como realmente foi, de florescimento da democracia e da participação dos trabalhadores. Será que o PT vai reescrever a sua história? Ou depois da eleição voltará a ser tudo como antes no quartel de Abrantes?

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon).
Para mandar um email ao editor do blog, clique aqui.
Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

3 Comentários:

Anonymous Marcus disse...

O antigetulismo do PT e da CUT se devia principalmente à luta contra o sindicalismo pelego, que é uma herança da estrutura sindical criada por Vargas.

Infelizmente, depois que chegou ao poder, o sindicalismo cutista deixou de lado bandeiras caras a eles no passado, como o fim da unicidade e do imposto sindical.

terça-feira, 12 de setembro de 2006 15:45:00 BRT  
Anonymous Marcelo disse...

Marcus tem razão a crítica ao getulismo vem da oposição ao sindicalismo pelego que embalado pelos anos de ditadura tinha se tornado ainda mais conservador. A CLT fincou suas bases durante o Estado Novo(37-45)e nos anos do chamado Estado populista ela foi questionada e tensionada pela mobilização popular-CGT e outras organizações surgiram nesse período. Não dá para esquecer a proibição das organizações de esquerda, em particular os comunistas a partir de 1947, mas nem por isso dá para igualar o Getúlio dos anos 50 com o Getúlio do Estado Novo como fizeram parcela, a oficial, dos comunistas. Seria interessante verificar as similitudes da posição do PC à época contra Getúlio e hoje do PP contra Lula. Afinal Alon não são tão simples como parece as diferenças do Pt com a herança getulista, qual delas?

quarta-feira, 13 de setembro de 2006 00:04:00 BRT  
Anonymous José Augusto disse...

Há algum tempo que vejo o PT marchar de fato rumo ao trabalhismo (concialiação do Capital x trabalho), em detrimento das linhas socialistas originais.
E vejo uma que Lula está em busca 2 partidos de sustenção para o segundo mandato como fez Getúlio em 50: o PT de Lula seria o PTB de Getúlio, e o PMDB de Lula (sera?) passando a represntar o que o PSD foi para Getúlio.

quarta-feira, 13 de setembro de 2006 23:18:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home