terça-feira, 1 de agosto de 2006

A "Proclama del Comandante en Jefe al pueblo de Cuba" (01/08)

Fidel Castro foi submetido a uma cirurgia de urgência no abdomen e estará fora de combate por algumas semanas, pelo menos. A gravidade do quadro deverá ficar mais clara nas próximas horas. Coloquei na seção Textos de outros a mensagem de Castro, Proclama del Comandante en Jefe al pueblo de Cuba.

Leia também: Cobertura do NYT

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon).
Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

1 Comentários:

Anonymous jose carlos lima disse...

O jornalista Josias de Souza noticiou o mesmo fato noticiado por Alon. Comparei as duas notas.

É digno de análise por parte de especialistas em midia ou psiquiatria, sei lá, o texto de Josias de Souza, que se segue:

"Fidel Castro flerta com o paredão do tempo.


Má notícia para os camaradas do governo e do Congresso que planejam ir a Cuba para celebrar, em 13 de agosto, os 80 anos de Fidel Castro. Na bica de repartir o bolo, o companheiro-ditador desceu ao estaleiro. E lá deve permanecer por “várias semanas”, informou o governo de Havana.



Embora não dê nome à doença que levou Fidel ao leito, o comunicado oficial pinta a encrenca com cores fortes. Informa que o presidente cubano sofreu “uma crise intestinal aguda, com sangramento insistente”. E submeteu-se a “uma complicada intervenção cirúrgica” no intestino. Confiou o governo temporariamente ao irmão Raúl Castro.



Em suas aparições públicas, Fidel esforça-se para exibir lepidez. A tática, porém, é desafiada pelo corpo, tão impregnado de cronologia que parece flertar com o paredão do tempo. Ainda assim, Fidel recusa-se a debitar o contratempo à idade. "Dias e noites de trabalho contínuo, sem sequer dormir, fizeram com que a minha saúde, que resistiu a todas as provas, fosse submetida a um estresse extremo e se debilitou", mandou dizer.

Escrito por Josias de Souza às 00h52

Comentários (5) | Enviar por e-mail

terça-feira, 1 de agosto de 2006 02:01:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home