terça-feira, 15 de agosto de 2006

Lula na frente, numa corrida de alta qualidade (15/08)

Vou escrever a quente, sem falar com ninguém, e seja o que Deus quiser. Os programas de Heloísa Helena (PSOL) e Cristovam Buarque (PDT) foram muito bons. O de Geraldo Alckmin (PSDB) foi ótimo. E o de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sinceramente, achei o melhor de todos. Não sei se saiu de alguma pesquisa qualitativa ou da cabeça do marqueteiro, mas a idéia de que é melhor avançar rapidamente do que começar do zero é simples e difícil de ser combatida pela oposição. [Atenção: você que lê este post deve saber que na minha opinião Lula faz um bom governo, e portanto talvez você deva dar um desconto nessa minha avaliação. Mas eu tentei olhar com os olhos de quem ainda não tem candidato.] Alckmin fez um grande esforço para mostrar que foi um bom governador de São Paulo, e acho que conseguiu. Transmitiu seriedade e credibilidade. Mas ficou um pouco como alguém que fala "para" o povo. Já Lula explorou até o limite o fato de "ser" do povo e o senso comum de que não se deve trocar o certo pelo duvidoso. E você, o que acha?

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon).
Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

8 Comentários:

Anonymous Alexandre Porto disse...

sem maiores comentários. Para virar o jogo Alckmin tem que ser muito melhor e hoje não conseguiu. Aliás ontem a noite reli "Divagações sobre a eficácia de um plano" T&D junho/94. Na mesma edição Guido Mantega faz uma competente e impressionantemente premunitória análise do Plano Real que estava fazendo vira o jogo daquelas eleições. São dois artigos que se complementam. Foi uma boa releitura.

terça-feira, 15 de agosto de 2006 21:28:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Só você para achar o programa do lula bom. Menos parcialidade, Alon.

terça-feira, 15 de agosto de 2006 22:18:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Porque Alon, nas pesquisas os menos favorecidos votam com lula e gradativamente não votam? Será que é conciencia politica, os que tem melhores informações? Eu em 2002 pensei é necessario e experinecia de um governo petista, como o fhc praticamente deu de bandeja, seu segundo mandato foi igual a curva dos rendimentos decrescentes, o pt emplacou. E quase certo que por mais 4 anos, aí veremos se continua ou sai. Creio que se foi sincero ou é sincero, ou é ingenuo um santo homem, veremos, nada como o dia seguinte se resaca brava ou suave. O jeito é acreditar no Darwinismo com a seleção natural das especimes.
Yoshio - Japão

terça-feira, 15 de agosto de 2006 23:08:00 BRT  
Blogger Ricardo disse...

O programa de Lula foi bom simplesmente porque ele não tem pudores nem medo de mentir. Altera seus números ao bel-prazer das conveniências. Mente quando fala sobre a agricultura, quebrada. Mente quando fala sobre as exportações, que estão em curva descendente desde que assumiu o governo (o crescimento era mais acelerado no período 2000-2002). Com incrível cara-de-pau, chama todos nós de corruptos, pois acha que o mensalão foi um problema de sistema, e não de escolha de governo. Enfim, Lula vai sempre mais longe, e talvez por isso, seja mais eficaz - já que em 4 anos, não permitiu o contraditório, na sua política de comunicação via monólogos.

quarta-feira, 16 de agosto de 2006 10:44:00 BRT  
Anonymous Swamoro Songhay disse...

Acho que a oposição continua a aceitar a pauta colocada pelo governo e pela campanha à reeleição. Como convencer àqueles que sentem-se beneficiados, no bolso, pelo atual governo, de que devem votar no outro? Entretanto, o próprio governo (segundo notícias) já fala em forte ajuste fiscal a partir de 2007. Se está tudo indo tão bem, por que a necessidade de refrear? O que está a provocar tais preocupações, afinal? A oposição não está conseguindo tornar claros tais riscos (desemprego e apertos na renda), notadamente para a classe média. Sinais existem há tempos: o aumento do trabalho informal nas ruas das grandes cidades, a desaceleração na indústria e na agricultura, a fraca performance do PIB etc. Caso não desarme esta armadilha, dependerá apenas da imagem do seu candidato.

quarta-feira, 16 de agosto de 2006 11:17:00 BRT  
Blogger Fernando disse...

Alon,

Putz, faz tempo que nao posto. Mas acho que nao perdi muita coisa.

Pelo que li dos comentarios, o nivel está baixo. Uns vinculam os votos de Lula SOMENTE aos de baixa renda (o que nao corresponde com as pesquisas). Outros, os chamados, escolarizados, com formaçao superior, citam dados que retiraram do "Magico de OZ".

Nem sei se vale a pena. Mas vamos lá.
Eu tinha perdido o do Alckimin no almoço, mas assisti a noite.

Pela ordem, meritissimo (descartando os Eymaels da vida):

Heloisa - Otimo programa, direto, com o que o PSOL tem de melhor, a Heloisa falando para o povo. Coração valente, foi otimo tb. Falta a estrategia dele NÃO so atacar o Lula como fez no final, mas dar umas beliscadas no Alckimin, principalmente pq as pesquisas mostram que ele continua fazendo agua na canoa do cara. Mas acho que eles estao "dando um tempo". Nota 8

Cristovam - Bom programa. Abriu espaço para o Jeferson Perez, nao sei se pode se dar ao luxo. Mas fez o dever de casa, mandou o seu recado e nao foi muito enfadonho (o que é dificil pra ele). Nota 7


Alckmin - Otimo programa. O PSDB optou por uma estrategia de mostrar o candidato no começo. Como o PDT, não sei se podem se dar ao luxo. Mas acho que os ataques virao nas chamadas pilulas diarias (o TSE vai dividir em 15s ? Provavelmente) que são menos "identificaveis". Vamos ver. O jingle ficou parecendo o do PT, ou imitaçao dele feita na correria (o PT publicou o seu no site antes, entao...). Ate nisso sao iguais. Nota 8

Lula - Otimo programa, uma avalanche de dados (os que acham que nao sao reais tem que COMPROVAR com dados e nao com nhenhem, provavelmente usando uma parte do programa. E como o PSOL usou o que tem de melhor, Lula falando para o povo. O PT nao tem muito o que inventar, seu programa vai depender mais dos outros do que dele. Vai ser isso ai até o inicio dos ataques. Pra mim o melhor. Como o Fernando Rodrigues já havia dito, o jingle é fantastico, é incrivel como o PT consegue fazer jingles que ficam martelando na sua cabeça. Esse é mais um que vai pegar. Nota 9

É isso ai.

Obs.: Pessoal deixa de partidarismo, mais argumentos por favor.

Aquele Abraço,

quarta-feira, 16 de agosto de 2006 11:19:00 BRT  
Anonymous joao xavier disse...

eu achei todos ruins. Nenhum empolga nem deixa a musica na cabeça. É o mais prosaico arroz-feijão: trabalhadores felizes, imagens do brasilsão, obras, construções, etc e tal. Para mim parece que a professora de catecismo vai perder seu pouco tempo em adjetivações ao vento, o nota-única da educação não tem compromisso com nada e só quer marcar presença. Os que contam: Lula mostra sua cara de político de centro, e joga no lixo o PT, e isso pode lhe ajudar muito com o eleitorado conservador. A mensagem é simples, mas até demais na minha opinião. Alckmin não vai ganhar, pq nao corre na única raia livre: a da direita. É falta de espelho martelar na corrupção.

quarta-feira, 16 de agosto de 2006 13:22:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Muito boa a sua análise.

Achei excelente o programa do Alckmin.

Mas acho que esse argumento "mudar para quê?" é meio discutível no sentido de convencer o eleitor.

Mudar para melhor é bom, e todo mundo sabe disso.

Alckmin é um político sério, competente e trabalhador. Possui uma liderança natural. Não é populista. Mas o povo também se identifica com quem é competente.

Alckmin não é um falastrão contando vantagem. Ele tem conteúdo. Vai chegar ao segundo turno e aí, vai ser difícil para o Lula vencer só com esse argumento.

quarta-feira, 16 de agosto de 2006 18:51:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home