sexta-feira, 28 de julho de 2006

Sob pressão, Lula erra ao ironizar Itamar (28/07)

Não creio que Luiz Inácio Lula da Silva seja um sujeito arrogante. Prefiro acreditar que, sob pressão, ele erra. Sua referência hoje à idade do ex-presidente Itamar Franco é um exemplo. Itamar declarou apoio a um adversário de Lula, o tucano Geraldo Alckmin, e fez ataques ao governo do petista no terreno da ética. Segundo a Agência O Globo, Lula respondeu assim:

"- Primeiro, eu não comento uma posição de um ex-presidente. Quando chegam acima dos 75 anos as pessoas têm de ter o mínimo de liberdade de fazer suas opções. Não sou eu que vou fazer julgamento. O que eu acho é que o Brasil é um país livre e 180 milhões de brasileiros podem torcer para o Corinthians ou Palmeiras ou Flamengo ou Vasco sem que isso seja ofensivo a qualquer pessoa - disse Lula, acrescentando:
- Só desejo ao presidente Itamar acerto nas suas decisões."


Não sei se alguém já perguntou a Lula qual é, na visão dele, a idade mínima que uma pessoa precisa atingir para "ter o mínimo de liberdade para fazer suas opções". Seria só acima dos 75 ou poderia ser antes? E aos 70? O sujeito já não teria o direito de fazer o que lhe desse na telha? E aos 65? E aos 60? Lula, por exemplo, fez suas opções bem cedo e ninguém o censurou por isso. A bem da verdade, o que Lula disse não tem pé nem cabeça. Só foi um jeito enviesado de fazer referência à idade do mineiro.

Não sei se Lula está magoado com Itamar, mas dá para perceber que Itamar está magoado com Lula. O presidente se aliou aos adversários de Itamar em Minas Gerais, que tratoraram o ex-presidente e impediram que ele obtivesse a legenda para disputar o Senado pelo PMDB. São coisas da política. Mas Itamar não gostou. Tem o direito de não ter gostado, assim como tem o direito de atacar Lula. Lula também tem esse mesmo direito, mas a maneira pela qual reagiu foi pouco inteligente. Abriu espaço para que Itamar se vitimize. Lula anda destreinado. Bem ele, o maior especialista brasileiro em vitimização.

Fora isso, brigar com Itamar dá um azar danado. Itamar Franco é o sujeito mais sortudo da história política do Brasil. Não vou entrar em detalhes agora. Um dia desses escrevo sobre isso.

Acho que na verdade Lula está sob pressão. Tenho dito aqui que o presidente vai bem nas pesquisas mas está isolado politicamente. Uma frase da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, na mesma reportagem é sintomática: "O apoio que interessa, que agrega, é o do povo brasileiro". A ministra é uma mulher inteligente e de larga experiência política. Ela certamente sabe que não é bem assim. O eleitorado não é uma massa à deriva, à espera de alguém que lhe indique o caminho da verdade. As pessoas têm referências, seguem líderes, nutrem respeito por pessoas, tomam decisões muitas vezes com espírito de tribo.

Além do mais, Lula cometeu um erro imperdoável do ângulo da cultura política mineira. Minas é um estado em que a única coisa imperdoável é agredir. A política em Minas é o exercício diário de matar acariciando.

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon).
Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

17 Comentários:

Anonymous João Azevedo disse...

Em primeiro lugar, não acho que Lula tenha "errado". Ele apenas cometeu uma molecagem, mais uma de uma longa lista. E logo com Itamar, que deu uma entrevista ao Roda Viva em que passou uma hora e meia baixando o sarrafo em FHC. Sob este ponto de vista, Itamar está merecendo tudo que lhe está acontecendo, tanto a facada eleitoral nas costas quanto esta ofensa de Lula. Sim pq o que Lula fez, de forma torta e moleque, foi dizer que Itamar está gagá, e que sua opinião não deve ser levada a sério. Vc está certo: ele está sob enorme pressão. Fora Fernando Rodrigues, todo mundo já sabe que a diferença entre Lula e Alckmin está diminuindo, e o horário eleitoral nem começou. E o que é pior: ele, e o PT, perderam a classe média para sempre. Lula é o presidente dos grotões, uma versão ignorante do Sarney. O charme de ser petista já era: se Lula vencer, será apenas pq Alckmin é (ou parece ser) um candidato fraco. E, só pra completar, ainda perdeu o posto de "líder da A. do Sul" para papai Chavez. Como diz aquela velha propaganda do Drink Dreher (tudo a ver com o caso em questão): "que dureza"!

sexta-feira, 28 de julho de 2006 19:02:00 BRT  
Anonymous augusto disse...

Prezado Alon: Apesar do saldo positivo, afinal, para o bem ou para o mal, nunca saberemos que caminhos este governo teria seguido se não houvessem acontecido as crises do W.Diniz e do mensalão, o governo Lula é um espanto. Essa deselegância com o Itamar foi chocante. Tudo bem que ao apoiar Alckmin , Itamar nos recorda que um dia apoiou Collor, chegando a ser seu vice. Porém como presidente valoroso e referencial de homem público que nos resta, até pela idade, o relacionamento entre os dois nunca poderia ter chegado a esse ponto. Quem assistiu o Itamar no Roda Viva entende o que estou dizendo. O Brasil perdeu muito dessa vez. Mas, Alon, você diz: Lula está sob pressão. Que pressão, de quem? O isolamento a que você se refere mais parece um auto-isolamento (uma mistura de autismo seletivo com arrogância). Ao demolir os referenciais do pensamento que caracterizava a esquerda no Brasil (ao ponto de negá-la), Lula apesar do saldo positivo, insisto, vai deixando, pouco a pouco, parcela qualitativamente significativa da população, sem pai nem mãe. Se isso é resultado de uma suposta pressão , gostaria de entender. Porque privilegia uns e não outros. Essa mudança no perfil dos aliados, desde o começo do governo... Aí, meu caro, não dá para culpar a Mídia. O Brasil caminha para mais uma encruzilhada. Não podemos escolher um candidato-vítima só porque foi massacrado, com requintes de crueldade pela Mídia.O critério, então, será escolher o menos pior. Com quem Lula pretende governar no segundo mandato? Essa pergunta precisa ser respondida. O Brasil merece um pouco mais. Pragmatismo tem limite. Um abraço.

sexta-feira, 28 de julho de 2006 21:08:00 BRT  
Anonymous Fernando disse...

Lula está certo, quem "bateu" primeiro, e forte, foi o Itamar. Gosto do Itamar, fez um bom governo, mas deveria racicionar ao dar conselhos de com quem o presidente deve andar, afinal ele foi vice do Collor !!

Quanto ao comentário acima sobre o Lula ter perdido o apoio da classe média discordo, sou de classe média e apóio ele, e não podia ser diferente depois do massacre de 8 anos de Tucanato.

Acho que a classe média ainda vai voltar a si , espero que a tempo ....

sexta-feira, 28 de julho de 2006 21:21:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Ele está desprezando os velhos, os aposentados, esquecendo que esses aí já estão com Alckmin depois do veto ao aumento, como se não precisassem viver.

Ele não se preocupa com isso pois tem aposentadoria gorda.

Acabou de fixar o voto dos mais velhos e aposentados em Alckmin.

Dá-lhe Lula. O rei do tiro no pé.

sexta-feira, 28 de julho de 2006 21:26:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Alon, você certamente achará que é "patrulhamento", mas não posso deixar de dizer que, infelizmente, está me parecendo que você também entrou no barco da grande mídia, que vê erros e decadência da candidatura Lula em cada esquina. Já faz um tempo que você passou a repercutir o discurso-padrão da mídia. Essa interpretação maldosa de toda a mídia sobre a fala de Lula é uma bobagem sem tamanho. O que entendo da fala dele é que se um homem de 75 anos faz uma escolha, ele já viveu o suficiente para saber o que faz. Não há nada de deselegante nisso. Aliás, é uma resposta elegante a alguém deselegante que chamou o presidente de corrupto por vias tortas. E fez isso por rancor e não por senso de ética. Assim, a declaração de Lula só pode ser qualificada de deselegante se for olhada pela lente da maldade. Aliás, falando em maldade, o artigo de Nelson Breve, na Carta Maior, vem dar coerência ao que tenho dito aqui em seu blog - e que venho dizendo desde agosto do ano passado - sobre venezuelização da política brasileira, sobre manipulação de pesquisas. Se fizer uma busca no Observatório da Imprensa, encontrará artigos meus a partir de agosto do ano passado falando sobre venezuelização e manipulação de pesquisas. É uma pena, Alon, se você estiver mesmo optando pelo caminho mais fácil, pois ele leva rápido, mas não leva longe.

sexta-feira, 28 de julho de 2006 21:46:00 BRT  
Blogger Alon Feuerwerker disse...

Política não é Fla-Flu. O fato de criticar Alckmin (ou Lula) não deve necessariamente significar que faça parte de uma conspiração favorável a Lula (ou Alckmin). De um candidato a presidente, o mínimo que se espera é que não fale bobagens. Até porque ele deve ter estrutura, assessores que o ajudem a evitar as cascas de banana. Ontem, Itamar apoiou Alckmin. O que Lula poderia ter dito, simplesmente? Que todos são livres para apoiar e votar em quem quiserem, mas que se for eleito espera contar com a ajuda de Itamar, como aliás já contou neste mandato. E bola adiante. Por que fazer referência à idade do ex-presidente, ainda que de forma supostamente "respeitosa". Só se for para desqualificar. O tiro saiu pela culatra, ele (Lula) deu um mote para quem quer bater. Quanto à pressão, é óbvio que Lula está sob pressão. Tudo está nas costas dele. Só tem efetivamente o prestígio e a liderança dele próprio. É muita coisa, mas talvez não seja suficiente. Para concluir, não estou aqui para ajudar Lula ou atrapalhá-lo, nem para ajudar Alckmin ou atrapalhá-lo. Tenho porém a certeza de que uma visão crítica da realidade, ainda que às vezes errada, ajuda mais a raciocinar e enfrentar as dificuldades do que a bajulação e a torcida.

sexta-feira, 28 de julho de 2006 22:52:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Alon, não me leve a mal, mas sou tremendamente sincero. Ler seu blog, colocar link para ele no meu blog, só se for para ler, não elogios a Lula ou ataques a Alckmin, mas coisa que não se lê na grande mídia. Ainda sobre a fala de Lula, só um débil mental tentaria atingir alguém que o criticou citando sua idade. Se você acha que Lula é débil mental, então não temos mais nada que conversar.Se não acha, entenda que a alusão à idade de Itamar não foi uma tentativa de acusá-lo de velho (?!). Sai dessa, cara. Mesmo que eventualmente você tenha aderido ao complô contra Lula - o que ainda não creio que tenha acontecido -, pelo menos seja criativo. Gosto do contraditório, mas é tremendamente chato ler sempre os mesmos ataques em todos os jornais, blogs etc. Perdoe-me a sinceridade extremada. Pode chamar de falta de educação, se quiser, mas mantenho cada vírgula do que disse.

sábado, 29 de julho de 2006 01:16:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Blog. Alon, alguem disse: politica é a arte do imponderavel. Essa salada de candidatos se associando em uns estados e dissociando em outros é só no Brazil eu acho. E o homem é igual peixe morre pela boca: de falar demais e ser guloso demais. ¨O velho¨ que lançou umas perolas foi Suplicy (companheiro), muito sensato ao dizer que o pres. precisava se explicar no congresso sobre os episodios nebulosos do governo. Será que ele falou alguma besteira???
Yoshio - Japão

sábado, 29 de julho de 2006 03:20:00 BRT  
Anonymous jose carlos lima disse...

Concordo que a pessoa, qualquer idade que ela tenha, deva ter liberdade de opção. Tendo 75, tem mais direito ainda. Não vejo nada demais na respota aparentemente ríspida do presidente. Na verdade Lula ficou irritado com Itamar Franco que foi grosseiro e sacana ao associar o presidente à corrupção. Quantas operações a Polícia realizou no governo Itamar Franco? Nenhuma. Até parece que a corrupção surgiu no governo Lula, quando o que ocorre neste governo é o eficaz combate a este crime. Tentam confundir combate a corrupção com prática de tal crime. Seria melhor parar de investigar para que a corrupção não apareceça? Não. Tem que investigar. Isto é obrigação do governante. A impunidade é o maior chamariz para a prática da corrupção. Vamos aos números. No governo FHC a Polícia Federal realizou menos de 60 operações, todas prontamente abafadas. Nestes menos de 4 anos de governo Lula, a Polícia Federal já realizou mais de 180 operações com aproximadamente 3 mil prisões. Nem dá para comparar o combate a corrupção num e noutro governo. É claro que enquanto os crimes não são descobertos, tudo parece correr às mil maravilhas. Parabéns a Lula por ter enfrentado com muita coragem este grave problema. Presenciamos inclusive delegados de polícia federal sendo presos. No caso das sanguessugas, o governo vinha investigando há bastante tempo, em sigilo, reunindo provas contra os fraudadores. Quanto ao combate ao crime, Alckmin enterrou 69 CPIs e fraudou estatísticas para dizer que o PCC estava morto. Enfim, Lula foi muito brando ao responder Itamar Franco. Chega de máscaras e falsidades.

sábado, 29 de julho de 2006 05:00:00 BRT  
Anonymous Marcos disse...

Alon, voto em Lula, mas não dá para negar que o atual presidente como seu antecessor tem um ego que não cabe no mundo. Se considerar o suprassumo do suprassumo dá nisso.
Lula como FHC não passam a imagem de arrogantes: SÃO ARROGANTES. Do mesmo modo que a oposição reza até novena para que FHC suma do mapa durante as eleições, eu espero que Lula fale só o essencial. Quando Lula fala, ultimamente costuma só falar besteira. Os números de seu governo são muitos bons comparados aos do PSDB. Na minha opinião, quem vota no Lula, como eu, vota no resultado do seu governo, não em blá-blá que, diga-se de passagem, é duro de ouvir.

sábado, 29 de julho de 2006 08:28:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Esse auê por conta da fala do Lula é artificial. Sem sentido. Lógico que Lula não ofendeu Itamar pela sua idade, mas pela sua infantilidade. Sou mineiro e louvo a honestidade de Itamar. Mas seu currículo de rancor e birrinha já é por todos conhecido. Itamar ofendeu Lula, ao associá-lo à falta de ética. Estúpido. Há pouco tempo teceu elogios a José Dirceu, dizendo que contra ele nada foi provado. E contra Lula, foi, sr. Itamar? Ou pensa que não acompanhamos suas idas e vindas...
Mas, convenhamos, o que Itamar queria, conseguiu: virar notícia. Sair do ostracismo. E aí, foi burrice do Lula valorizá-lo assim.

sábado, 29 de julho de 2006 19:23:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Cruzes! Como este fórum está aparelhado por PeTralhas!

Alon, vc foi muito generoso em sua análise sobre o comentário de Lula, que é arrogante, sim, prepotente, mal-educado, mal-acostumado (já que pode se esconder atrás de seu passado de pobre para se beneficiar das mais diferentes formas), sem falar nos outros adjetivos que fazem dele uma vergonha como presidente para mim, um autêntico "bon vivant", presidente Macunaíma.

domingo, 30 de julho de 2006 22:18:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Como se bastasse o fato de não ter preparo, o Lula não tem nem mesmo compostura para ocupar o cargo que ocupa. É uma vergonha! Passou a vida inteira envenenando as pessoas, caluniando, e agora, como presidente, destila seu cinismo arrogante das maneiras mais sorrateiras e baixas possível.
Não é a primeira vez, que esse ignorante tenta ofender pessoas públicas com seus golpes baixos, mesquinhos e comentários broncos.
Ele é puro instinto, não há nada de racional nesse ser que quer se travestir de presidente.
Nunca me esqueci que quando Regina Duarte fez campanha pró-Serra, ele se referiu a ela, com suas ironias baixas, como velha.
A cada dia que passa fico mais enojada desse indivíduo e seus eleitores. Que retrocesso vive este país!!

Maria Lúcia

domingo, 30 de julho de 2006 22:24:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Eu acho engraçado ler esse pessoal manipulado pelo PT falando em complô da mídia. Das duas uma, ou fazem isso pq nada conhecem sobre os bastidores da mídia, isto é, são desinformados e ainda estão desfiando teorias furadas dos tempos de guerra fria sobre "dominação dos mass media", ou fazem isso agindo com a mais pura má-fé (o que não duvido, vindo de simpatizantes do PT, que pra mim, é um partido antiético até na alma). Quer dizer que se a imprensa fiscaliza o PT, como fiscalizou qualquer governo, ela está fazendo "complô"? Agora, quando fiscaliza outros governos, está cumprindo seu papel? Sinceramente, sinto vontade de vomitar quando leio os comentários alienados dos simpatizantes do PT! A mídia é, em uns 75% dos casos, pra dizer o mínimo, formada por profissionais sindicalizados que sempre demonstraram grande simpatia pelo PT e ajudaram a construir o mito Lula. E essa gente aí, usando as teorias erradas, pra distorcer um pouco mais a realidade, como se não estivesse distorcida o suficiente na atual conjuntura...

domingo, 30 de julho de 2006 22:37:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Tem gente aqui dizendo que, ao contrário do Alon, reconhece que Lula é arrogante. E que, apesar de reconhecer sua arrogância, vai votar no PT por causa dos números. Incrível! Esta é mais uma prova de que tem gente que acredita cegamente em marketing de espetáculo! Os números do governo Lula? Que números? Seriam os números maquiados que usam critérios estatísticos diferentes para comparar, de maneira indevida, coisas iguais? Ou seriam os resultados da política econômica, que nada mais foi que a continuação do governo anterior? Lula, por falta de competência administrativa, se agarrou ao programa do antecessor como uma tábua de salvação e só esperou colher os resultados disso. Nem o surto de crescimento da economia mundial soube aproveitar, deixando o Brasil na rabeira e tem gente ainda comemorando os números da propaganda governamental! Seria cômico se não fosse trágico...

domingo, 30 de julho de 2006 22:49:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

O PT estava certo "temos que esconder Lula".
De palanque em palanque o Lula vem perdendos os votos que tinha, perdeu em Minas, falar que a gente só atinge liberdade de expressão com certa idade foi terrível, pior que isso só mesmo a traição ao apoiar Niltom Cardoso.
Agora vai a Santa Catarina e desce a ripa em Borrausen, sei la´como se escreve.
Lula parece que esta numa sinuca de bico, se correr o bicho pega se ficar o bicho come.
Não é o fim, ainda.

segunda-feira, 31 de julho de 2006 10:46:00 BRT  
Anonymous Diego de Oliveira disse...

Lula tem votação expressiva em Minas e não vai deixar de ter por causa do Itamar.
Na verdade, o velho está mesmo gagá e já faz muito tempo.
Não tendo gostado da aliança com o Newton, deveria o ex-presidente ter se mantido neutro e não apoiado, de forma mais que incoerente (pra não dizer maluca), o Picolé de Chuchu.

quinta-feira, 17 de agosto de 2006 16:50:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home