segunda-feira, 24 de julho de 2006

Praticando jornalismo com Heloísa Helena. Por que não com todos? (24/07)

Acabei de assistir aos telejornais, coisa que não fazia havia dias. Diziam-me que já há algum tempo a cobertura da campanha da senadora Heloísa Helena (PSOL) andava crítica. Ela não mais diz o que quer, livremente. É questionada pelos repórteres e apresentadores. O problema não é fazerem isso com ela, o problema é não fazerem isso com os demais.

Clique aqui para assinar gratuitamente este blog (Blog do Alon).
Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

3 Comentários:

Anonymous augusto disse...

Prezado Alon: Na verdade, eu fico me perguntando o quê a imprensa internacional, tipo NYT, tem a dizer sobre o papel da nossa mídia neste processo eleitoral. Será essa pauta tão pouco importante? Quando o Garotinho, atirando no que viu e acertando no que não viu, tentou mobilizar a imprensa internacional foi, exemplarmente, "ironizado". Sinceramente, a participação da mídia nessas eleições dará um case que ficará na história. L.Rother, cadê você???

segunda-feira, 24 de julho de 2006 23:11:00 BRT  
Anonymous Fernando Magrello disse...

Cara,

É incrivel por exemplo que os jornalistas façam perguntas daquele nivel pra Heloisa e deixem coisas como o que o Alckmin fala. Exemplo:

Alckmin - Vou usar a CIDE pra financiar o trasnporte urbano de massa !!!

Reporter - Mas seu Geraldo, e o superavit primario, vc vai baixar ??

Alckmin - Esse governo é uma vergonha, não quer dar o aumento para os aposentados.

Reporter - Mas seu Geraldo, o que vc faria nessa situação ?? Não vetaria ?? Daria o aumento pra todos, ou só pra quem ganha até 1 salario minimo ?? E a previdencia como vai ficar ??


É pornografico, depois reclamam de ficarmos viajando em teorias da conspiração e etc. Mas tudo "caminha" pra isso.

PS.: Essas perguntas poderiam e eram feitas ao Lula qdo era oposição. Não estou "partidarizando" a situação.

Aquele Abraço,

terça-feira, 25 de julho de 2006 12:19:00 BRT  
Anonymous Richard Lins disse...

MUITO BEM!!!! Vc sabe que eu defendo uma postura mais crítica dos jornalistas. Isenção é uma coisa, bem difícil na prática, mas bajulação é outra bem diferente. Se os repórteres já não perguntam direito, imagina os comentaristas que apenas reproduzem o que suas "fontes" lhes transmitem!?!?
Vc e o Luiz Garcia são exemplares raros!!!

terça-feira, 25 de julho de 2006 17:02:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home