terça-feira, 9 de maio de 2006

Um pequeno retrato do Brasil em Alagoas (09/05)

José Thomaz Nonô (PFL-AL) é um dos mais ferozes críticos de Lula na Câmara dos Deputados. Renan Calheiros (PMDB-AL) é o maior aliado de Lula no Senado. Mas, em Alagoas, Renan deve apoiar seu colega senador Teotônio Vilela Filho (PSDB) para o governo estadual. E Nonô será candidato ao Senado na chapa do deputado federal João Lyra (PTB), que também quer a cadeira hoje ocupada por Ronaldo Lessa (PSB), que concorre ao Senado. Só que, para presidente, Lyra vai de Lula e o filho do Menestrel das Alagoas vai de Alckmin. Ou seja, em sua base eleitoral Renan estará amarrado à candidatura presidencial tucana e Nonô, à caravana petista. Quem me confirmou essa história foi o próprio Nonô. Não deixa de ser um retrato do Brasil. Em escala reduzida, mas sem dúvida um retrato fiel.

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon). Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

2 Comentários:

Blogger Maryeelle disse...

Grande Teotônio ( o Pai), lembro da sua peregrinação pela abertura, o quanto demonstrava ser coerente e sábio. Tempo bom aquele, tínhamos estadistas, de verdade.
O Menestrel das Alagoas, mesmo doente, combalido, ia em frente e defendia a volta ao estado democrático no Brasil. Não deixou, parece, herdeiros, à sua altura.

quarta-feira, 10 de maio de 2006 00:02:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Maryeelle, cuidado com a idealização do passado.

quarta-feira, 10 de maio de 2006 14:32:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home