terça-feira, 2 de maio de 2006

Pimenta só arde nos olhos dos outros (02/05)

Alguém deveria dar a Luiz Inácio Lula da Silva um exemplar do livro A Arte de Calar, do Abade Dinouard. Procurei em lojas online mas me dizem que está esgotado. Se alguém souber onde comprar, agradeço. Lula agora tem falado mais com os jornalistas, o que é bom. Mas a nova atitude embute o risco de declarações infelizes. Como a que o presidente deu sobre a greve de fome do ex-governador Anthony Garotinho.
As autoridades vão apurar as possíveis irregularidades na relação entre o governo do Rio de Janeiro e ONGs que dele recebem recursos. Vamos esperar as conclusões da investigação. Parabéns a quem trouxe o caso a público. E pêsames para quem, como Lula, aproveita para surfar em mais essa onda de denúncias. No Brasil é assim mesmo: o sujeito só lembra de que "todo mundo é inocente até prova em contrário" quando a pimenta está ardendo em seus próprios olhos. Escrevi sobre isso em Para os amigos a lei, para os inimigos o vale-tudo, quando PT e PCdoB quiseram surfar na Lista de Furnas.
Lula deveria deixar o ex-governador do Rio em paz com sua greve de fome. Pode ser uma farsa? Pode. Se for, Garotinho ficará desmoralizado. Mas não é razoável tratar um fato assim com jocosidade e escárnio. O ex-governador julga-se esbulhado e massacrado, e protesta da maneira como acha melhor. Está em seu direito.

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon). Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

3 Comentários:

Anonymous Jose Augusto disse...

Garotinho (assim como José Dirceu, José Genoíno) está certo em reclamar da imparcialidade da imprensa, e até de misturar notícias com difamação. Mas convenhamos que ele forneceu farto material. Para exigir retratação, ele deve explicações convincentes sobre as operações triangulares entre governo do estado do RJ, ONGs e empresas doadoras de campanha. Exigir direito de resposta apenas para fazer discurso é querer usufruir de uma espécie de horário eleitoral exclusivo para si, através de chantagem emocional. Greve de fome deveria ser usada para causas mais nobres como incapacidade diante de injustiças. Ele tem partido e recursos jurídicos a que recorrer. Lula erra ao irritar eleitores de Gorotinho que poderiam ter nele uma segunda opção de voto.

terça-feira, 2 de maio de 2006 16:50:00 BRT  
Anonymous Kleber disse...

concordo!

terça-feira, 2 de maio de 2006 18:11:00 BRT  
Anonymous Anônimo disse...

Como já é normal a artilharia pesada. é do dia-a-dia carioca, quem entrou no meio dela tem que ``guentar``, cada um faz o que bem quer, virou terra sem lei. Vamos ter muitas balas para serem queimadas até outubro, esperamos que as ultimas balas que serão dos eleitores tenham pontaria certa para ir exterminando os maus politicos, haja bala.
Yoshio - Japão

terça-feira, 2 de maio de 2006 21:22:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home