quinta-feira, 11 de maio de 2006

Lá como cá: Zapatero apanha da direita por causa da Bolívia (11/05)

Assim como Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do Governo da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, apanha da oposição (Partido Popular, PP, direita) por supostamente não ter sido suficientemente duro com Evo Morales. O líder do PP, Mariano Rajoy, afirmou que a política externa do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE, esquerda), de Zapatero, é "errática, fraca e partidária". E acrescentou: "Ninguém na União Européia entende sua posição sobre Cuba ou seus entendimentos com [Hugo] Chávez e [Evo] Morales. As únicas coisas que conhecemos são as conseqüências: nada muda em Cuba e o Sr. Chávez e o Sr. Morales nos expropriaram e causaram dano a nossos interesses". A espanhola Repsol, como a Petrobrás, foi nacionalizada pelo governo boliviano no recente decreto sobre as reservas de petróleo e gás daquele país. Como o governo brasileiro, a Espanha reagiu com moderação. E, como aqui, a oposição espanhola bateu duro em seu governo. Nem os argumentos são diferentes. Em qualquer lugar do mundo, esquerda é esquerda e direita é direita. Clique aqui para ler a reportagem do The Spain Herald.

Clique aqui para assinar este blog (Blog do Alon). Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

1 Comentários:

Anonymous Marcus disse...

"Em qualquer lugar do mundo, esquerda é esquerda e direita é direita".

Uma verdade simples que tem sido negada veementemente... pela direita.

quinta-feira, 11 de maio de 2006 10:23:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home