quarta-feira, 5 de abril de 2006

João Paulo absolvido (05/04)

O ex-presidente da Câmara dos Deputados João Paulo Cunha (PT-SP; na foto (AE), durante a sessão que discutiu sua possível cassação) acaba de ser inocentado pelo plenário e manterá seu mandato. Do despacho da Agência Câmara:

"O Plenário absolveu, por 256 votos a 209, o deputado e ex-presidente da Casa João Paulo Cunha (PT-SP). A decisão contrariou parecer do Conselho de Ética, que recomendava a cassação por quebra de decoro parlamentar, por ter recebido R$ 50 mil agência de publicidade SMPB, do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, apontado como o operador do esquema do 'mensalão'.
Do total de 483 parlamentares votantes, houve 7 votos em branco, 2 votos nulos e 9 abstenções. Eram necessários 257 votos para a cassação. João Paulo era acusado ainda de omissão intencional de fatos e informações relevantes para o conselho e de uso em proveito próprio de contrato firmado entre a Presidência da Câmara e a SMPB."

Clique aqui para ler mais.

Clique aqui para assinar este blog

Para inserir um comentário, clique sobre a palavra "comentários", abaixo.

1 Comentários:

Anonymous Marcos disse...

Sinceramente, apesar de votar em Lula nunca confiei neste João Paulo. Isto desde quando ele foi eleito para a presidência da camara.
No dia seguinte havia um monte de propaganda espalhado por Osasco. Claro que o dinheiro não era dele.
Sinceramente, acredito que o PT agora vai cuidar melhor da sua imagem. E graças a Deus pessoas como o deputado Baba e a senadora Heloisa Helena estão fora do partido. Este tipo de gente sempre associava ao PT a imagem de lunáticos inconsequentes tal qual nós vimos
recentemente no ataque a Aracruz. Uma pena que pessoas racionais como Palocci tenham sido vitimas deste jogo sujo entre Governo e Oposição. Mas, sou otimista. Sairemos mais fortes desta eleição ganhe quem ganhar.

quarta-feira, 5 de abril de 2006 22:35:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home