terça-feira, 21 de março de 2006

A política do Rio, num jantar (21/03)

Neste momento, o deputado federal Eduardo Paes (RJ) e a vereadora carioca Andréa Gouvêia Vieira se deslocam para a residência da deputada federal Juíza Denise Frossard (PPS-RJ). Os dois tucanos vão propor uma coligação para lançar a juíza ao governo do Rio de Janeiro. O PSDB fluminense só apoiaria o candidato do PFL se fosse o próprio prefeito Cesar Maia. O vice dele é tucano e o partido ganharia de graça dois anos e nove meses com a caneta. Como a candidatura do prefeito é improvável, o PSDB quer ir de Frossard, mesmo se se mantiver a verticalização (extremamente provável). Também em São Paulo o PPS discute uma possível aliança com José Serra já no primeiro turno se o prefeito da capital sair mesmo candidato à sucessão de Geraldo Alckmin. Ou seja: a candidatura presidencial do deputado federal Roberto Freire (PPS-PE) está ajeitando a escada para subir no telhado.

Leia também:

Pressão sobre Cesar Maia (21/03)

1 Comentários:

Blogger Fernando Matos disse...

Em Pernambuco, estado natal de Roberto Freire, o PPS vai apoiar "informalmente" a candidatura do vice-governador Mendonça Filho (PFL)que tem o apoio do PMDB e do PSDB.

quarta-feira, 22 de março de 2006 08:10:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home