quinta-feira, 30 de março de 2006

Aécio volta a ser o sonho de consumo de Renan para o PMDB-2010 (30/03)

Vitorioso internamente no PMDB desde que a manutenção da verticalização praticamente inviabilizou a candidatura própria do partido à Presidência da República, o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), vive 2006 de olho em 2010 e já tem um objetivo definido: tirar do PSDB o governador Aécio Neves (MG) e transformá-lo no candidato a presidente dos peemedebistas daqui a quatro anos. O senador alagoano avalia que o PMDB sairá da eleição com as maiores bancadas na Câmara dos Deputados e no Senado, e que o próximo governo será obrigado a fazer uma coalizão com os peemedebistas se quiser ter maioria estável no Legislativo. Estará então na hora, segundo ele, de pensar no projeto nacional para 2010. “Precisamos atrair para o partido novos quadros, com densidade política e eleitoral”, defende Renan. “Como o Aécio”, completa.

Clique aqui para assinar este blog

1 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Seria ótimo, seria uma melhora sensível no PSDB a saída de Aécio. Que leve o partido inteiro em Minas, se possível.

quinta-feira, 30 de março de 2006 23:28:00 BRT  

Postar um comentário

<< Home