quinta-feira, 9 de fevereiro de 2006

Salário nominal aumenta 26% na Argentina (09/02)

Os salários nominais no setor privado argentino tiveram um aumento de 26% em dezembro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. O índice mostra o aquecimento do mercado de trabalho naquele país. O PIB nominal argentino está crescendo em torno de 21%, para uma inflação anual superior a 12%. O governo do presidente Néstor Kirchner tem mostrado preocupação com as pressões inflacionárias de preços e salários. Os analistas prevêem que, num futuro próximo, o governo tente negociar com os sindicatos acordos similares aos que vêm sendo feitos com empresários para contenção de preços.

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home