sábado, 11 de fevereiro de 2006

Nacionalista cai para terceiro no Peru, mas cuidado com a margem de erro (11/02)

O candidato do Partido Nacionalista, tenente-coronel da reserva Ollanta Humala, caiu para terceiro na última pesquisa de intenção de voto para presidente do Peru. A eleição é em abril. Humala é temido pelos Estados Unidos como uma réplica peruana de Hugo Chávez. A candidata de centro-direita, Lourdes Flores, tem 27,2%. O ex-presidente Alan García (centro-esquerda) tem 20,8%. Humala tem 18,4%, empatado tecnicamente mas inferiorizado numericamente. Se nenhum tiver pelo menos metade mais um dos votos válidos, haverá segundo turno. Brigas internas em seu partido e forte rejeição nas áreas mais desenvolvidas do país têm atrapalhado a caminhada de Humala. A pesquisa é do Instituto de Desarrollo e Investigación de Ciencias Económicas (IDICE). Ouviu 4.850 adultos entre 3 e 5 de fevereiro. A margem de erro é gigantesca, 4,5 pontos percentuais. Ou seja, Humala pode estar até em primeiro. Clique aqui para ler mais.

Notas relacionadas neste blog:

Nacionalista cai para terceiro no Peru, mas cuidado com a margem de erro (11/02)


Centro-direita amplia vantagem no Peru (27/01)


Nacionalista perde terreno no Peru (25/01)

Peru: Humala e Flores empatados, mas direita tem vantagem no segundo turno (20/01)


Peru: nacionalista assume a liderança (15/01)

Preocupação em Wall Street com "novo Alvarado" no Peru (10/01)

A onda nacionalista chega ao Peru (06/01)

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home