terça-feira, 14 de fevereiro de 2006

CNT-Sensus: Lula 47,6% x Serra 37,6% (13/02)

Alon Feuerwerker

Correio Braziliense, 14 de fevereiro de 2006 (em São Paulo) - A rodada de fevereiro da pesquisa CNT-Sensus traz o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dez pontos percentuais à frente do prefeito José Serra (PSDB) na simulação de um eventual segundo turno entre ambos, se a eleição presidencial prevista para outubro acontecesse agora. No levantamento anterior, em novembro, Serra estava 3,9 pontos à frente de Lula. Ou seja, nesse período o presidente ganhou quase 14 pontos na disputa direta contra o prefeito.
Lula passou de 37,6% a 47,6%, uma subida de dez pontos. Serra foi de 41,5% a 37,6%, uma oscilação negativa de 3,9 pontos. Não se pode falar tecnicamente em queda de Serra, pois a margem de erro da pesquisa é 3 pontos. A soma dos indecisos e dos que votariam em branco ou nulo está em 14,9%, contra 21% da pesquisa anterior. Ou seja, Lula avançou principalmente no eleitorado que estava indefinido no final do ano passado.
O avanço de Lula na corrida contra Serra é também reflexo da melhor avaliação do desempenho pessoal do presidente em relação a novembro. Agora, 53,3% aprovam, contra 38,0% que desaprovam. Em novembro, 46,7% aprovavam e 44,2% desaprovavam. O contingente dos que não souberam ou não quiseram responder a essa pergunta oscilou para baixo de 9,1% para 8,7%.
Os pesquisadores perguntaram também se a eventual saída de José Serra da Prefeitura afetaria negativamente a imagem do prefeito. Durante a campanha de 2004, Serra afirmou que, se eleito, ficaria no cargo até o fim do mandato, em dezembro de 2008. Acreditam que sua imagem não seria afetada negativamente 59,4% dos ouvidos. 25,0% disseram que haveria danos à imagem de Serra. Se quiser ser candidato à Presidência, o prefeito terá que renunciar ao cargo no começo de abril, quase dois anos e nove meses antes do término.
A pesquisa CNT-Sensus mostra o avanço de Lula no momento mais delicado da disputa interna no PSDB e no PMDB. Os tucanos precisam se definir nos próximos 40 dias entre Serra e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para que o escolhido deixe o cargo antes do prazo legal e entre na disputa contra o presidente. Até agora, as pesquisas mostravam que Serra venceria Lula, enquanto Alckmin seria derrotado. No PMDB, a subida de Lula deve fortalecer a posição dos que desejam uma aliança com o PT já no primeiro turno. O ex-governador do Rio Anthony Garotinho e o governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, devem disputar a prévia do partido, prevista para o final de março.
O levantamento da CNT-Sensus ouviu 2.000 pessoas entre os dias 6 e 9 deste mês em 195 municípios e foi registrado no TSE. Os resultados completos serão divulgados oficialmente nesta terça, às 11h, em entrevista coletiva na Confederação Nacional dos Transportes (Clique aqui para a home page da CNT, com o link para a pesquisa completa). Abaixo, a tabela com os dados da pesquisa:

Atualização, às 10:16 de 23/11/2008 - Leia Eleições.com.br, Por que a internet terá um papel decisivo na próxima campanha eleitoral.

6 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

DE FATO, O MIN. DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, CIRO GOMES, TINHA RAZÃO: COM MAIS DUAS BOBAGENS LÍNGUA-SOLTA DO FHC, O LULA GANHA LOGO NO 1º TURNO.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006 05:19:00 BRST  
Blogger Raphael disse...

bom furo!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006 09:31:00 BRST  
Anonymous Anônimo disse...

Os ataques ao PT (com razão) o ano passado(da oposição e da imprensa) contrastam com o não ataque a outros caciques da nossa politica. Isto está jogando do lado do Lula

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006 10:55:00 BRST  
Anonymous Heber Carvalho disse...

Quando começar a campanha eleitoral, virão as comparações entre o (des)governo FHC e o Governo Lula...todas favoráveis ao atual Presidente...lembrem-se do que vou dizer agora...Lula levará no 1º turno!!!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006 11:16:00 BRST  
Anonymous Nics disse...

Lula já leva vantagem de 10% sobre o Serra, que já fala em não deixar a prefeitura. A tucanada está apavorada. E isto é só o começo.Nunca o país teve um governo que acumulasse tantos records,conforme os índices de performance diariamente citados, em todas as áreas. O povo não é tolo. Não foi na conversa dos boquirrotas da Oposição e da imprensa cooptada. Percebeu a jogada. Lula ganhara, provavelmente no primeiro turno!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006 15:26:00 BRST  
Anonymous NELSON FREITAS - ARAÇATUBA SP disse...

Não adiantou a tentativa de golpe armada pela grande imprensa para desestabilizar o governo do presidente operário, o povo, em sua grande sabedoria, percebeu que a Folha, o terra, o uol, o programa do Jô, o SBT, a Bandeirantes e outros de menor expressão estavam em campanha "serrada", para viabilizar a candidatura tucana a presidência da república. MAS QUEM CONHECE GERALDO, SERRA, FHC, ACM e tem o mínimo de inteligência não se deixa fazer de joguete pelos meios de comunicação que, indubitavelmente subestima a inteligência de nosso povo, sabemos quem defende nossos interesses, por isso votei e sempre votarei em LULA PRESIDENTE, POR UM BRASIL BRASILEIRO.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006 19:00:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home