terça-feira, 24 de janeiro de 2006

Preocupação tucana com o salário mínimo (24/01)

O PSDB está preocupado. Avalia que Lula ganhará velocidade com o anúncio e os efeitos econômicos do novo salário mínimo. O cronograma tucano teoricamente ajuda Lula. Nos próximos sessenta dias, o PSDB estará ocupado com sua maior dúvida existencial no momento: quem lançar na corrida presidencial. Enquanto isso, Lula tem dois meses de estrada livre para faturar. Se a estratégia tucana der certo, vai virar tese de doutoramento em ciência política.

Notas relacionadas neste blog:

Preocupação tucana com o salário mínimo (24/01)

Onze pontos para tentar desvendar o enigma tucano (22/01)

Serra x Lula em detalhes (21/01)

Alckmin e Serra têm a mesma rejeição (21/01)

O Ibope tinha segundo turno. Veja os números (20/01)

O PT não é uma Jirga. Sorte de Lula (20/01)

Zagallo e os tucanos já se sentem com a mão na taça (19/01)

Fernando Henrique e a corrida pela legenda tucana (18/01)

As estratégias de Serra e Alckmin para uma disputa presidencial (18/01)

Como os tucanos querem resolver quem será o candidato (16/01)

O que você ainda não sabia sobre a pesquisa Ipsos (15/01)

Números bons para Lula e Serra (13/01)

O problema de Serra, segundo um tucano (09/01)

O problema de Alckmin, segundo um tucano (09/01)

Pesquisa para presidente no eleitorado de Minas Gerais (08/01)

Coluna Brasília-DF: Alckmin 46% x Suplicy 25% (27/12)

Coluna Brasília-DF: Alckmin tira o gesso (24/12)

Opinião: Serra, assim como Lula (16/12)

A encruzilhada econômica do PSDB (11/12)

Reunião para acalmar ânimos (07/12)

Oposição prevê Lula forte em 2006 (13/10)

Tensão em ninho tucano (25/08)

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home