segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

Inflação acelera na Argentina (30/01)

As previsões são de que a inflação de janeiro na Argentina chegue a uma taxa entre 1,3% e 1,6%. No ano passado, o índice acumulado foi de 12,3%. A estratégia do presidente Néstor Kirchner tem sido negociar a contenção dos aumentos de preços com segmentos empresariais e apertar as contas públicas, antes de recorrer à ortodoxia dos juros altos. Clique aqui para ler mais.


Inflação acelera na Argentina (30/01)

Argentina aperta a política fiscal (23/01)

O ranking de alguns emergentes no risco país (19/01)

Kirchner, de bem com a indústria Argentina (18/01)

Kirchner lidera com folga para sua sucessão (11/01)

O "custo Kirchner" começa a aparecer: inflação dobra em 2005 (04/01)

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home