quarta-feira, 18 de janeiro de 2006

As estratégias de Serra e Alckmin para uma disputa presidencial (18/01)

O economista José Márcio Camargo compara, em artigo distribuído pela consultoria Tendências aos seus clientes, as estratégias de Geraldo Alckmin e José Serra numa eventual disputa com o presidente Lula. Serra, com críticas à política econômica e aos programas sociais. Alckmin, centrado na gestão e no aperfeiçoamento de políticas já existentes. Clique aqui para ler.

1 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Esse pessoal está delirando, achando que o Serra nasceu ontem e esquecendo o contexto. Também sonham em tentar reduzir o Alckmin a um protótipo de Lula.
Primeiro, aonde foram feitos os discursos de segunda-feira? Na feira de um setor que tem quase 10 mil desempregados em Franca e mais de 30 mil no RS. Por ora (enquanto a China ganha nossos mercados lá fora, e se prepara para também entrar e ganhar o nosso). Esse era o público alvo. Só isso. Nada de mais.
Segundo, dizem que um candidato está tomando aula de economia. O outro só estava lembrando que ele é professor titular na matéria. De novo, só isso. Nada de mais.
Agora, daí a achar que a economia será o tema central da campanha, devia estar viajando no espaço sideral nos últimos meses. Fica combinado assim - a oposição vai preferir falar de metas de inflação do que de corrupção, citar os membros do COPOM do que Marcos Valério. Pensando bem, deve ser num espaço muito distante para achar que a oposição (até o PMDB, PSOL etc.) vai atacar o Bolsa Família (Aliás, muito menos devia morar em SP para esquecer que a Marta em 2002 fez um terrorismo aberto –iam acabar com as bolsas, com o passa-rápido.... no fim, ela acabou perdendo a eleição).
Esse é um país curioso. Excelentes economistas, que deviam estar preocupados com a farra fiscal que está sendo armada em BSB, brincam de cabra cega e resolvem virar analistas políticos –e, aí sim, de quinta categoria.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2006 18:42:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home